Da educação da decepção à educação do optimismo. Recuperar o verdadeiro sentido da educação

  • Fátima Maria Bezerra Barbosa

Resumen

Neste artigo propomo-nos reflectir sobre o que é, ou deverá ser a Educação. Vamos servir-nos das potencialidades da Estética e da Arte, aflorando as suas relações com a Ética e a Teoria Crítica, nomeadamente através das obras de Walter Benjamin, Marcuse, Freire e Habermas. Na sociedadeactual o Desejo e Decepção caminham em uníssono, quanto mais nos tornamos senhores do nosso destino mais angustiante se nos apresenta a realidade. O ideal de felicidade proposto pela modernidade não se efectuou. O  conhecimento acumulado originou um indivíduo mais reflexivo e exigente, mas também mais propenso a sofrer decepções. É urgente repensar o projecto educativo de cada um, respondendo aos seus anseios e aspirações, integrando elementos cognitivos racionais, mas também elementos das áreas da afectividade, da emotividade, dos sonhos e dos desejos. A estética e a arte podem constituir vias alternativas para a construção de uma sociedade diferente.
Publicado
2011-04-30
Cómo referenciar
BEZERRA BARBOSA, Fátima Maria. Da educação da decepção à educação do optimismo. Recuperar o verdadeiro sentido da educação. Revista de Investigación en Educación, [S.l.], v. 9, n. 1, p. 48-55, abr. 2011. ISSN 2172-3427. Disponible en: <https://reined.webs.uvigo.es/index.php/reined/article/view/99>. Fecha de acceso: 20 mayo 2022
Sección
Artículos